Será que um dia iremos nos ver livre da corrupção?


Coluna "Palavra de Mulher" 
por Ana Paula Zarbietti


Será  que um dia iremos nos ver livre da corrupção?

Será que iremos nos livrar da ganância que leva tantos homens que tiveram o voto de confiança do povo para defender os interesses de um todo e não apenas individual?
Hoje nós o povo nos encontramos incrédulos diante da sujeira que transbordou por toda parte, inundando todas as esferas, municipais, estaduais e federais. Essa avalanche do esgoto político levou o nosso país na enxurrada da vergonha caindo em queda livre na cachoeira do desemprego gerando a miséria.
Enquanto uma minoria de homens inescrupulosos somam milhões em desvios e propinas, a maioria da população somam problemas fazendo o milagre da multiplicação contando suas moedas. Muito pouca coisa mudou desde o império, do Brasil colônia até o momento, o rico cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre, a cobrança de impostos e sempre a solução para pagar as contas e manter o luxo de poucos. Quantos brasileiros morreram nas filas de hospitais, quantas mães choram pela saúde de seus filhos ou vice versa, e onde está à consciência destes políticos que indiretamente cometeram um genocídio matando milhões de brasileiros a míngua necessitando de atendimento médico ou procedimento, furtando o dinheiro público.
Ah... sonho nosso de viver com igualdade e  justiça, sonho que parece cada vez mais longe toda vez que assistimos ou lemos a noticia do dia. Essa podridão política também invade nossos lares, respinga a desgraça em nosso orçamento, o desemprego é o sinal mais evidente do desgoverno e a morte de entes queridos  aguardando uma vaga no hospital é a conseqüência da ganância.
Mal ou bem necessário a operação Lava Jato?
O fato é que precisávamos saber da verdade, mais quando acabará?
Teremos punição a altura de tanta falta de respeito, ou as penas  um diz que me diz e nada se faz?
Aqueles que são detidos é por pouco tempo, se observarmos veremos que é só pegar os anos  de condenação e dividir por seis será a pena que irá cumprir, ou seja, um condenado de 30 anos  é só fazer a conta 30 ÷ 6 = 5 que será o tempo provável sem contar bom comportamento, a cada 3 dias de trabalho um dia reduzido e assim por diante, e logo está com prisão domiciliar, semi aberto e assim por diante mostrando que ser um corrupto milionário é vantagem, rindo de nós trabalhador honesto que defende de sol a sol sua sobrevivência.
Um dia quem sabe acabe esse filme de terror que estamos vivendo, o triste é que a história já foi escrita e teremos que contar essa vergonha para nossos netos, bisnetos e gerações a esperança é que tenhamos um final feliz, um novo Brasil passado a limpo.


Respeito é tudo

#OJORNALGRANDEVALE

Publicidade

Comentários

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *