Araretama recebe coleta de exames laboratoriais

Ação faz parte da descentralização do atendimento do laboratório municipal, que já abrange Moreira César

A organização do fluxo de atendimento do laboratório municipal está em andamento em Pindamonhangaba. A Secretaria de Saúde da Prefeitura está realizando a descentralização da coleta, gerando mais conforto aos pacientes, que não precisam se deslocar até o centro da cidade para realizarem seus exames laboratoriais. A iniciativa já deu certo em Moreira César e agora está sendo implantada no Araretama.
Nessa fase de implantação, a coleta no Araretama é centralizada no posto do Nova Esperança também conhecido como Araretama 1, mas recebe moradores atendidos pelos postos do Nova Esperança, Arco-Íris, Araretama e Cidade Jardim. É realizada somente por meio de agendamento no posto de saúde de cada bairro, após o paciente passar pelo médico.
"O agendamento dos exames é realizado logo após a consulta com o médico, pelo próprio posto do bairro onde a pessoa passou. A equipe deste posto é que faz todo o procedimento, não sendo necessário que o paciente vá até a unidade de coleta para agendar. O agendamento eletrônico é uma maneira de organizar o atendimento, beneficiando o paciente, que só vai se deslocar no dia e horário da coleta agendada", explicou a diretora de Saúde, Mariana Prado Freire.
Para organizar a coleta no Araretama, são agendados 30 pacientes por dia, divididos por bairros: nas segundas-feiras, moradores atendidos no posto do Nova Esperança (Araretama 1); nas terças-feiras, moradores atendidos no Arco-Íris (Araretama 2); nas quartas-feiras, atendidos no Araretama 3; e nas quintas-feiras, moradores do Cidade Jardim.
É realizada a coleta de sangue de maiores de 8 anos de idade e também recebido material biológico (urina e fezes). Exames como curva glicêmica, que requerem procedimentos específicos durante a coleta estão sendo realizados somente na unidade do centro.
 "Agora, estamos trabalhando para informatizar, nos mesmos moldes, o agendamento em Moreira César e no centro", adiantou a diretora.
Em Moreira César, por enquanto o paciente ainda tem que ir até o Cisas fazer seu agendamento. No local, são atendidos, em média, 100 pacientes por dia, a partir das 7h30 até o último paciente.
De acordo com o prefeito Isael Domingues, esses primeiros passos na readequação do fluxo de atendimento já estão surtindo os efeitos desejados e o movimento está mais organizado no laboratório central. “Estamos avaliando este processo de descentralização, e com o sucesso da iniciativa, a intenção da prefeitura é expandir ainda mais o atendimento, abrangendo outras regiões da cidade. Pois um atendimento mais próximo da população é uma das metas de nossa gestão”, explica o prefeito Isael. 

#OJORNALGRANDEVALE

Comentários

Fale Conosco

Nome

E-mail *

Mensagem *