Satélite brasileiro será lançado na madrugada deste domingo

Após pronunciamento do governador, Pinda anuncia novo decreto




Na próxima semana, Pindamonhangaba lançará um novo decreto. Após pronunciamento do governador João Dória, nesta sexta-feira (8), o Comitê e Gabinete de Crise para Prevenção e Monitoramento aos Efeitos do Coronavírus (COVID-19) se reuniu e está definindo o novo texto do próximo decreto municipal. 
O primeiro ponto a constar do novo decreto, é que Pindamonhangaba permanecerá seguindo a quarentena até o dia 31 de maio, seguindo determinação do Governo do Estado. 
Como o decreto de Pinda é mais restritivo que o do Estado, o próximo decreto municipal deve se alinhar mais ao decreto estadual e ampliar, por exemplo, a regulamentação para o setor alimentício. 
Pindamonhangaba vem se preparando para enfrentar a pandemia do COVID-19 da melhor maneira possível. O número de leitos de UTI no município foi ampliado em 110% na Santa Casa de Misericórdia, a Prefeitura abriu um hospital de campanha, nesta semana, no Cidade Nova, com novos leitos e equipamentos como respiradores foram comprados. Muitas doações da iniciativa privada chegaram para reforçar a saúde pública do município. Com a adesão e cumprimento da quarentena desde o início da pandemia, os números de casos e óbitos em Pindamonhangaba são considerados relativamente baixos, fruto da parceria da população. Os decretos lançados desde o dia 16 de março também contribuíram para os números atuais da cidade, de 26 casos testados positivo para coronavírus, 18 suspeitos e dois óbitos confirmados. 
Outra medida que estará no novo decreto é a obrigatoriedade do uso de máscaras em todos os espaços públicos – no decreto anterior (5779/2020), Pinda determinava o uso obrigatório de máscaras de proteção para todos aqueles que acessarem estabelecimentos autorizados e serviços de transporte público coletivo ou de transporte individual de passageiros. Diz ainda no parágrafo primeiro que os estabelecimentos que se encontram autorizados a funcionar em regime de exceção deverão proibir a entrada e circulação, em suas dependências, de pessoas que não estejam fazendo uso de máscara.


#todoscontracoronavirus 
#juntosvamosvencerojornalgrandevale 

Comentários